Quais as diferenças entre nutrição, hidratação e reconstrução?

Quem nunca ao observar os cabelos mais ressecados, com falta de brilho e aspereza pensou que os fios precisavam de uma hidratação? Porém, muitas vezes pode acontecer de o cabelo não precisar mais de hidratação, e sim de uma nutrição ou reconstrução.

Mas você sabe quais são as diferenças entre nutrição, hidratação e reconstrução? Continue a leitura para entender mais sobre esses tipos de tratamentos capilares.

Hidratação

A hidratação é um dos tratamentos capilares mais conhecidos e tem o objetivo de repor a água perdida pelos fios por causa da chapinha, procedimentos químicos e até agressões do dia a dia, como raios solares, poluição, entre outras.

Ela serve para qualquer tipo de cabelo e pode ser feita uma vez na semana ou quando você perceber que seus cabelos estão sem brilho e maciez, com toque áspero e nós nas pontas, pois devolve a umidade natural e a flexibilidade dos fios. Os produtos ideais para hidratação são os que possuem componentes como aloe vera, extrato de plantas e frutas, vitaminas, mel, pantenol, glicerina e outros.

Nutrição

A nutrição visa repor os nutrientes perdidos, como lipídeos e proteínas, e devolver a oleosidade natural e gordura dos fios, que também são fundamentais para um cabelo macio, sedoso e brilhante e ajudam no crescimento e fortalecimento dos cabelos.

Os cabelos que precisam de nutrição, geralmente, ficam estáticos, sem maleabilidade e brilho, frizz e pontas duplas. Produtos que contenham manteigas vegetais, gorduras e óleos naturais, como argan, coco e oliva, por exemplo, são excelentes opções para nutrir os fios.

Reconstrução

Já a reconstrução é um dos tratamentos capilares mais intenso e profundo, que visa repor as proteínas e a massa do fio. Ela é indicada para cabelos quebradiços, finos nas pontas, sem força e ressecados, pois devolve a massa e a queratina dos cabelos e cria uma película que fortalece e protege os fios danificados.

Após a reconstrução, é recomendado fazer uma hidratação para que os cabelos fiquem mais macios e com brilho, já que esse não é o objetivo da reconstrução. Os principais componentes utilizados na reconstrução são o colágeno, creatina, arginina, proteínas, cisteína, entre outros. Porém, é importante ressaltar que a queratina usada em excesso pode danificar ainda mais os fios, causando ressecamento e quebra.

Como montar um cronograma capilar?

O ideal é que você observe o seu cabelo para entender o que ele precisa no momento. Mas, geralmente, a montagem do cronograma segue a seguinte ordem:

  • 1ª semana: segunda-feira (hidratação) | quarta-feira (hidratação) | sexta-feira (nutrição)
  • 2ª semana: segunda-feira (hidratação) | quarta-feira (nutrição) | sexta-feira (hidratação)
  • 3ª semana: segunda-feira (hidratação) | quarta-feira (hidratação) | sexta-feira (nutrição)
  • 4ª semana: segunda-feira (hidratação) | quarta-feira (nutrição) | sexta-feira (reconstruão)

Agora que você já sabe as diferenças entre esses tipos de tratamentos capilares, nutrição, hidratação e reconstrução, ficou muito mais fácil deixar seus fios mais saudáveis e sedosos.

Inclua o NatuCap Hair da Natumaster entre os seus tratamentos capilares. Ele é um tônico capilar desenvolvido após 5 anos de pesquisas e que possui ativos que contribuem para o crescimento de novos fios, tornando o couro cabeludo muito mais forte, saudável, livre das caspas e seborreia e engrossa os fios em até 6x e impede a queda de cabelo, promovendo saúde e beleza para os seus cabelos.

Visite o nosso site e saiba mais sobre o NatuCap Hair!

Gostou?! Qua tal compartilhar?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Você pode gostar também

0
Meu carrinho

Digite seu e-mail e senha para acessar sua conta.