Pesquisa

Pode fazer chapinha em cabelo molhado?

Ela é útil, prática e ajuda a alisar e modelar as madeixas em vários momentos, mas fazer chapinha em cabelo molhado pode não ser tão benéfico a curto e longo prazo.

Não tem como negar que ela é quase que perfeita para deixar um liso incrível nos fios capilares.

Além do efeito liso, ela também pode ser usada para fazer cachos irresistíveis, por isso, tornou-se um objeto feminino dos mais queridos em casa e no salão. 

No entanto, o uso frequente e inadequado pode trazer consequências negativas no resultado e também danificar os fios. 

Será que pode fazer chapinha em cabelo molhado? A resposta é não! Se você já faz ou tem dúvida sobre o assunto continue lendo nosso post e saiba mais sobre o assunto.

Os efeitos da chapinha 

Por mais incrível que seja o liso promovido, o uso frequente da chapinha faz com que os fios se apresentem mais ressecados.

Além disso, algumas vezes as pontas se mostram espichadas e seu uso também pode provocar a queda de cabelos. 

Um estudo realizado pela USP, mais especificamente na Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) e no Instituto de Química (IQ), detalhou os danos que pranchas e chapinhas promovem nos mais variados tipos de cabelos. 

Para a pesquisa foram usados fios de diferentes etnias, entre elas caucasiana, oriental, africana e brasileira.

O estudo mostrou que a chapinha deixa sérios danos em todos os tipos de fios, apesar dos afros sofrerem mais as consequências das altas temperaturas.

Os danos também são maiores nos fios que passaram pelos processos de descoloração e de tingimento. Isso porque eles ficam mais fragilizados, porosos e sem uniformidade.

Chapinha em cabelo molhado faz mal?

Se você já fez essa experiência deve ter escutado um barulho ao passar a chapinha em cabelo molhado.

Alguns profissionais definem esse barulhinho como o ato de estar fritando os fios.

Muitas vezes chega-se a perceber a fumaça saindo dos mesmos. 

É importante reforçar que quando os cabelos estão molhados eles ficam mais frágeis e ao passar a chapinha neles você está contribuindo para destruir a fibra que estrutura os fios, além de deixá-los muito mais ressecados e com uma aparência de queimados. 

Qual a melhor forma de usar a chapinha para não danificar o cabelo?

A melhor alternativa é não usar chapinha em cabelo molhado.

Mas, se você acabou de sair do banho, o que deve fazer?

Para um alisamento sem frizz ou para cachos maravilhosos o ideal é passar um protetor térmico nos fios para deixar os cabelos mais saudáveis

Depois seque com secador naturalmente. Reaplique o protetor térmico e inicie a chapinha.

Além disso, não deixe de observar:

A temperatura

Se o excesso de água quente faz mal para o couro cabeludo e para a beleza dos fios, a temperatura da chapinha também precisa ser considerada. 

Não acredite na teoria de que quanto mais quente melhor o resultado. 

O ideal é ela não ultrapassar 180 °C. 

É preferível você passá-la mais de uma vez do que usá-la quente demais correndo o risco de queimar o seu cabelo.

O cabelo deve estar desembaraçado

O ideal é antes de começar o alisamento desembaraçar os fios. Usar a chapinha em mechas embaraçadas também pode danificar o cabelo. 

Deslizar rapidamente

Deslize o aparelho rapidamente sobre os fios. 

Essa dica é muito importante para um alisamento perfeito ou para cachos com ótimo caimento!

Agora que você conferiu que não deve fazer chapinha em cabelo molhado, que tal seguir a Natumaster no Instagram para conferir outras dicas de beleza?

Gostou?! Qua tal compartilhar?

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Você pode gostar também

Pele

Skincare: como fazer?

Uma rotina de skincare é ideal para manter a pele limpa, bonita e saudável. O rosto é constantemente exposto a agentes agressivos e danosos, como

Ler mais »