Queda de cabelo pode ter relação com doenças autoimunes?

Diariamente perdemos cerca de 60 a 100 fios, o que é um processo natural do próprio fio. Porém, existem alguns problemas que podem desencadear a queda de cabelo, como as doenças autoimunes. As doenças autoimunes são aquelas causadas pelo mal funcionamento do sistema imunológico e fazem com que o corpo ataque seus próprios tecidos.

A queda de cabelo é um dos sintomas comuns de algumas doenças autoimunes, como a tireoidite de Hashimoto, lúpus e a alopecia areata.

O que são as doenças autoimunes?

Nas doenças autoimunes o sistema imunológico passa a considerar os seus próprios tecidos como substâncias estranhas ou perigosas e começa a produzir anticorpos para combatê-los. Ainda não se sabe ao certo o que desencadeia esses tipos de doenças e o diagnóstico pode ser feito a partir da observação dos sintomas que variam conforme a doença e por meio de exames.

Algumas das doenças autoimunes que podem ter como um dos seus sintomas a queda de cabelo são:

Lúpus Eritematoso Sistêmico

Uma das doenças autoimunes que têm como sintoma a queda de cabelo é o lúpus. No lúpus os sintomas podem surgir de forma lenta e progressiva ou rapidamente, em questão de semanas, e variam com fases de recorrências constantes ou remissões.

Alguns dos sintomas mais comuns são manchas na pele, principalmente em áreas expostas à luz solar, febre, fraqueza, dor nas juntas, perda de apetite e a queda de cabelo.

Tireoidite de Hashimoto

Outra doença autoimune que também pode ter relação com a queda de cabelo é a tireoidite de Hashimoto. Nela, o sistema imunológico combate as células da tireoide, o que causa a inflamação dessa glândula.

Essa é uma das causas mais comuns do hipotireoidismo, principalmente em mulheres, e causa sintomas como queda de cabelo, cansaço em excesso, unhas quebradiças, aumento de peso, dores musculares ou articulares, entre outros.

Alopecia areata

Na alopecia areata há uma intensa queda de cabelo que resulta em falhas arredondadas sem pelos ou cabelos, mostrando o couro cabeludo ou a pele. É uma doença autoimune onde fatores emocionais e genéticos, traumas físicos, alterações na tireoide e quadros infecciosos podem desencadear ou agravar o quadro.

Além da alopecia areata, existem outros tipos de alopecia que causam a queda de cabelo, como a androgenética, popularmente conhecida como calvície, a traumática, seborreica e eflúvio.

Como tratar a queda de cabelo relacionada às doenças autoimunes?

É imprescindível o acompanhamento com um médico para que haja um controle dos sintomas relacionados às doenças autoimunes. Na maioria dos casos, as doenças autoimunes são tratadas com medicamentos. Porém, não existe um único tratamento que sirva para todas as doenças autoimunes.

Para a queda de cabelo, também podem ser utilizados produtos que auxiliam na prevenção, como o Natucap Hair. Ele é um tônico capilar que, além de interromper a queda de cabelo, fortalece o couro cabeludo e estimula o crescimento de novos fios, tornando os fios mais fortes e saudáveis.

Entre no nosso site e conheça mais sobre o Natucap Hair. Caso tenha alguma dúvida, entre em contato conosco que estamos à disposição para atendê-lo.

Gostou?! Qua tal compartilhar?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

Você pode gostar também

0
Meu carrinho

Digite seu e-mail e senha para acessar sua conta.